Vereadores aprovam aumento salarial dos profissionais da Educação de Palmeira dos Índios

por adm publicado 16/05/2018 21h50, última modificação 16/05/2018 21h50
Professores e trabalhadores da rede municipal de ensino terão reajuste salarial de 5% já a partir deste mês de maio.

 

Por Assessoria

A Sessão da Câmara Municipal de Palmeira dos Índios desta quarta-feira (16) foi marcada pela discussão e votação do Projeto de Lei que concede aumento salarial de 5% aos profissionais da rede municipal de ensino. A sessão legislativa foi acompanhada por professores e dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal), e contou com a presença dos quinze vereadores.

O presidente da Mesa Diretora, vereador Júnior Miranda, abriu a sessão ordinária colocando para apreciação e votação as trinta proposituras que estavam na ordem do dia. Em destaque, o PL 006/2018, de autoria do Poder Executivo, que autoriza o reajuste do vencimento inicial do cargo público de Professor, bem como do vencimento dos cargos públicos dos demais servidores da Educação.

Usaram a Tribuna do parlamento para comentar o aumento de 5% dos vencimentos dos trabalhadores da Educação os vereadores Adelaide França, Agenor Leôncio, Maxwell Feitosa, Cristiano Ramos e Pedrinho Gaia.

“É importante destacar o empenho do presidente Junior Miranda ao atender o pedido do Sinteal, convocando sessão extraordinária para votar e aprovar este importante PL. Ele poderia ter seguido o rito normal, que duraria cerca de 60 dias, mas através de extraordinária, os trabalhadores da educação tiveram seu aumento aprovado através de votação única”, enfatizou o vereador Pedrinho Gaia.

Já o vereador Cristiano Ramos, destacou os esforços que foram concentrados para conceder o reajuste salarial. “O aumento talvez não seja o merecido, mas num momento de crise que estamos enfrentando em todo o país, é ser ousado e, mais que tudo, mostrar que o diálogo está aberto. A Câmara está a disposição sempre para ajudar no que for preciso”, disse Ramos, lembrando que o Sinteal tem total acessibilidade ao Poder Legislativo municipal.

Por fim, o presidente da Casa de Leis reafirmou o compromisso com a transparência das ações do Legislativo. “Divergências existem, intimamente, entre nós. Mas quando se fala no progresso de Palmeira, estamos irmanados para promover o bem. É para isso que fomos eleitos”, disse Júnior Miranda destacando que o PL 006/2018 só não foi votado anteriormente a pedido do Sinteal.

error while rendering plone.comments